• LinkedIn - Círculo Branco

© 2019 por FOLKS,  licenciada oficial da HIMSS Analytics na América Latina

Modelos para Provedores de Cuidados de Saúde

Modelos de maturidade para a transformação digital da sua instituição

Modelo de Adoção de Prontuário Eletrônico (EMRAM)

O EMRAM é um modelo de oito estágios (0-7) que mede a adoção e utilização de prontuários eletrônicos (EMR). Ao atender às obrigatoriedades de cada estágio avançará no objetivo de atingir um ambiente paperless que conta com a tecnologia e a informação para alcançar um cuidado otimizado ao paciente.

  •  Acompanha a progressão da adoção de prontuário eletrônico para hospitais com internação

  • Guia os hospitais numa integração otimizada com os serviços de diagnóstico

  • Conduz as organizações até um ambiente paperless

  • Oferece um guia para implementação de um prontuário eletrônico avançado, com uso de integração de sistemas próprios e de terceiros, ferramentas de apoio à decisão clínica e formulários inteligentes que permitem padronizar os cuidados de saúde ao paciente

Modelo de Adoção de Prontuário Eletrônico para Ambulatório (O-EMRAM)

O-EMRAM é um modelo de oito estágios (0-7) que avalia o uso de um prontuário eletrônico tendo em conta as necessidades únicas de instituições ambulatoriais (Clínicas, PA/PS, Cuidados Primários).

  • Mede a implementação de tecnologia em ambulatórios que solicitam exames e medicações para pacientes
     

  • Promove a documentação clinica ordenando-a como um diálogo único, simultâneo e coordenado
     

  • Engaja os pacientes para melhorar o acompanhamento de doenças crônicas
     

  • Assegura o melhor uso de ferramentas de suporte à decisão clínica

Modelo Adoção de Infraestrutura (INFRAM)

O INFRAM é um modelo de oito estágios (0-7) que ajuda os líderes da saúde a avaliar e mapear as capacidades da infraestrutura tecnológica que são requeridas para alcançar os objetivos clínicos e operacionais da organização, estando ao mesmo tempo aderente a padrões internacionais.

  •  Avalia e entende onde sua organização se encontra comparado a outras organizações de saúde
     

  •  Analisa as habilidades individuais de cada parte da infraestrutura - Mobilidade, Segurança, Colaboração, Transporte e Data Center e avalia como eles trabalham conjuntamente
     

  •  Ajuda a desenhar planos estratégicos detalhados de tecnologia que permitem estabelecer o estado atual, definir o estado desejado e cada estágio entre eles para atingir os objetivos clínicos e operacionais
     

  •  Baseado em evidencias permite para criar um plano robusto para responder às perguntas mais desafiadoras de investidores. Conectando experiencias dos stakeholders, resultados e tecnologia

Modelo de Adoção de Capacidades Analíticas (AMAM)

O AMAM é um modelo de oito estágios (0-7) que mede a capacidade de análise de dados da sua organização através do uso de tecnologia e de processos relacionados. O modelo foi desenvolvido para medir a progressão e o avanço das capacidade analíticas da sua organização com vista a melhorar o cuidado de saúde prestado.

  • Aumento da quantidade e da qualidade de dados para melhorar a performance operacional, clínica e financeira
     

  • Desenvolve uma estratégia para coletar e extrair dados
     

  • Criar uma equipe e processo de governança para administrar os dados
     

  • Alinhamentos dos seus objetivos analíticos com os da restante organização

Modelo de Adopção de Imagens Digitais (DIAM)

O DIAM é um modelo de oito estágios (0-7) que suporta os profissionais de TI e de Serviços de Diagnóstico por Imagem a identificar e adotar uma estratégia digital com os objetivos  de melhorar o cuidado dos pacientes e os resultados operacionais

  •  Avalia a maturidade dos processos de TI relativamente à produção e uso de imagens digitais tanto para hospitais quanto para centros de diagnóstico
     

  •  Utiliza mais de 100 indicadores de diversas áreas como aplicações de softwares, captação de imagens, distribuição e visualização, controle das imagens, suporte as decisões clinicas, análise das imagens ou engajamento do paciente
     

  •  Ajuda à transformação digital do serviço de imagens diagnósticas num modelo internacional que é valido para todos os tipos de imagens médicas

Modelo de Adoção de Cuidado Continuado (CCMM)

 

O CCMM é um modelo de oito estágios (0-7) que demonstra a evolução da comunicação entre os provedores de cuidados de saúde. O modelo abrange desde comunicação ausente ou limitada entre clínicos que estão em diferentes ambientes até uma comunicação avançada, coordenada e orientada por dados feita entre diferentes organizações que providenciam cuidados de saúde.

  • Constrói e melhora as capacidades relevantes para a coordenação do cuidado ao paciente, incluindo a troca de informações sobre saúde, engajamento de pacientes e capacidades de análise de dados avançadas
     

  • Identifica e alinha as ações de três grupos-chave: 1) Líderes Gerenciais/Administrativos 2) Líderes Clínicos 3) Líderes de TI
     

  • Avalia o desempenho em cada um dos grupos interessados em cada um dos cenários da comunidade de prestação de cuidados para medir e melhorar o coordenação do atendimento